Acesso exclusivo do aluno

Artigo detalhe

 

O Ayurveda e o Inverno

por Prof. Erick Schulz
08/07/2011

Mudamos quatro vezes ao ano de estação. E, podemos observar que, a cada mudança nos sentimos diferentes, às vezes incomodados com o calor ou frio, ou bem acomodados.

De acordo com a Medicina Ayurveda, isso se dá por que somos seres únicos na Natureza e, com ela, nós interagimos a todo o momento, fazendo nosso organismo responder individualmente às temperaturas do ambiente.

Para amenizar efeitos de baixa ou alta temperatura, no ayurveda utilizamos a Massagem Ayurveda ou Auto-Massagem, com óleos apropriados para cada dosha (código energético original individual) e óleos específicos as estação do ano. Como por exemplo, no inverno é muito recomendada a utilização de óleos nutritivos e quentes: óleos de gergelim e rícino para massagem com pedras quentes, técnicas de vapor como swedana e pinda sweda - sempre com muito cuidado para não desarmonizar o dosha Vata.

Segundo a tradição milenar do Ayurveda o Inverno pode ser Vata ou Kapha, dependendo do local onde a pessoa esta. Normalmente em regiões litorâneas, o inverno é mais Kapha, pois é frio e úmido e, em regiões mais altas, como Campos de Jordão, interior de São Paulo, é mais frio e seco, tendo assim uma predominância Vata.

As pessoas com predominância de Vata, são as pessoas que sentem muito frio nesta época do ano necessitando tomar muita atenção, pois, possuem uma tendência a ficar com a pele mais seca e áspera, algumas vezes chegam a ficar até com prisão de ventre, insônia, aumento da ansiedade, dor de cabeça e resfriados sucessivos.

A alimentação no inverno é muito importante para manter o equilíbrio do organismo. Ela deverá ser mais nutritiva, quente e úmida, os alimentos devem ser de preferência cozidos, grelhados ou assados evitando-se sempre que possível o alimento cru. Os sabores doce, salgado e ácido, são altamente benéficos para Pitta e Vata e devem tomar muito cuidado os Kaphas no inverno, a alta ingestação de doces pode causar uma desarmonia ao Kapha. Atenção, ainda, para o uso de café, pois pode trazer desarmonia de Vata.

Os chás como erva doce, camomila, canela, gengibre são bem-vindos e poderão ser consumidos ao longo do dia, de preferência mornos, com mel e limão. E, para combater a secura, deve-se ingerir bastante líquido.

Roupas mais escuras mantêm mais a temperatura do organismo bem como, a utilização de pedras preciosas chamadas quentes, como metal ouro e procurar fazer exercícios diariamente para manter o corpo sempre acordado e disposto.

Prof. Erick Schulz

Erick foi criado nos moldes tradicionais do Sanatana Dharma (sabedoria Perene). Aos 15 anos de idade por influência de sua mãe e por decorrência da fundação do Instituto Naradeva Shala em 1994, começou a se aprofundar nos estudos do ayurveda e yoga. Estudou yoga e ayurveda no Brasil, Índia e Argentina se especializando nessa milenar arte e ciência e sendo reconhecido em todo o Brasil e Exterior. Entre seus certificados de ayurveda, destaca-se para aqueles obtidos no Arya Vaidya Shala, Cochin/Índia e no Arya Vaidya Pharmacy Training Academy, Coimbatore/Índia, este com o qual mantém constante contato e treinamento. Ministra aula de ayurveda em diversos estados do Brasil, no Chile e Argentina. Fazendo parte do corpo docente do Instituto Naradeva Shala e da Escola Latino-Americana de Ayurveda. Aluno direto do Dr. Robert Svoboda, o primeiro Ocidental a se formar como Vaidya (médico ayurvédico) na Índia. É diretor do Instituto de Cultura Hindu Naradeva Shala e Diretor e Instrutor (Gnana Dhatha Acharya) do Ashram Sarva Mangalam da Suddha Dharma Mandalam na cidade de São Paulo/SP. Editor chefe da Editora Naradeva (Naradeva Prakshana).
ayurveda, tri dosha, dosha, ayurvédica, medicina indiana


Mais Artigos



Mais Colunistas

Contato

| Naradeva Shala | Instituto de Cultura Hindu

Rua Coriolano, 169/171, São Paulo (próximo ao SESC Pompéia e ao Shop. Bourbon)

Telefone: 11 3862.7321 ou WhatsApp: 11 94748.9690 Email: atendimento@naradeva.com.br