Acesso exclusivo do aluno

Artigo detalhe

 

O Ayurveda e o Verão

por Prof. Erick Schulz
04/01/2011

O ser humano e a natureza são interligados 24 horas do dia. Mesmo algumas pessoas não acreditando nisso, eu pergunto: Quem nunca sentiu calor no verão e frio no inverno? São sentimentos básicos, que todo mundo sente, mais que infelizmente acaba caindo na rotina e não percebemos mais, quando estamos sentindo calor e quando estamos sentido frio.

É exatamente isso que o ayurveda proporciona um estudo detalhado do ser humano e sua inter-relação com a natureza e isso inclui as estações do ano. No Ayurveda as estações do ano são divididas em seis estações relativas ao progresso do sol. Em Sanskrito são chamadas de Rutocharya (Ruto=Estação e Charya=Rotina). Esta particularidade de seis estações é encontrada no calendário védico, onde adicionamos duas estações as quatro já conhecidas.

Grisma é o nome dado à estação do verão dentro do calendário védico. O ayurveda é baseado na filosofia dos cinco elementos (Pancha Maha Bhutas) e cada estação do ano, acaba tendo um elemento como predominância, é o caso do Verão, que é regulado pelo elemento fogo, que faz aumentar o calor do nosso corpo e automaticamente a sudorese (suor) e produzindo ondas de calor por todo nosso corpo.

Como acreditar que o calor faz mudar o nosso corpo, nossa mente e nossa energia. Quando qualquer um dos cinco elementos, Ar, Fogo, Terra, Água e Éter estão em excesso em nosso organismo, existe o que chamamos de desarmonia. A desarmonia mais comum na época do Verão é o excesso do elemento Fogo, causando irritabilidade nas pessoas, problemas de pele e estomago.

A Alimentação e os hábitos de vida são determinantes na busca de harmonia do organismo durante o verão. Deve-se evitar a ingestão de comidas quentes e picantes, gordurosos e as carnes em geral, principalmente a bebida alcoólica que é muito ingerida no verão principalmente a cerveja, que tem a idéia de frescor quando está sendo ingerida, mais depois de ingerida ela aumenta em demasia o elemento fogo do nosso organismo, é um grande risco de desarmonia do dosha Pitta, produzindo alguns excessos tais como: azia, calor, suor excessivo, acne e distúrbios dermatológicos, queda de cabelos, excesso de acidez estomacal, irritabilidade, intolerância e raiva.

Alimentos frescos e líquidos refrescantes são muito indicados durante esta época do ano. Os sabores refrescantes, segundo a medicina ayurveda, são o doce, o amargo e o sabor adstringente, como a lentilha, o caqui e o caju. É muito indicada a ingestação de suco de frutas e legumes e verduras cruas na forma de saladas com temperos refrescantes, assim como o cominho, hortelã, erva doce, salsinha, cebolinha, orégano, manjericão e coentro.

Algumas pessoas não toleram o calor do verão ou de outros dias do ano, se sentindo mais irritadas e incomodadas. Nestes dias para as essas pessoas a ordem é moderação, tranqüilidade, nas tarefas do dia, se possível em horários e locais frescos, principalmente quando falamos em exercícios físicos. A natação e o yoga são perfeitos para o verão, assim como o surf e outras atividades que envolvam a água. Durante o Verão um estado de tranqüilidade e calmaria é o que o nosso organismo precisa durante os dias da estação.

Os hábitos deverão ser bem controlados durante o verão evitando o excesso, a prática do yoga deve ser realizada com uma ênfase maior nas posturas calmantes e pranayamas que tragam frescor ao corpo. A meditação no nascer e ao por do sol é muito bom durante essa época do ano, pois faz o organismo se ajustas com os horários da natureza e deixa sua mente tranqüila e serene, recebendo a energia do grande sol central, mantras calmos e que tragam harmonia ao organismo sempre é bem vindo.

Buscando na natureza iremos encontrar diversos elementos que possam ajudar a harmonizar nosso organismo no verão, as ervas é um desses elementos que podemos utilizar através de infusões, chás e banhos ou através de óleos dessas ervas na forma de massagem abhyanga ou banho com óleos.

Existem centenas de plantas medicinais que podem nos auxiliar. A primeira característica que essa planta deve ter é ter sua potência fria, para que possa ajudar a diminuir o calor. As mais conhecidas são o hortelã, camomila, pétalas de hibisco ou rosa, capim-limão, eucalipto podem ser utilizados como chás, para serem saboreados frios ou levemente quentes.

Podemos tomar chás diferentes todos os dias, é bom lembrar que após fazer o chá, consumir em 24 horas. Algumas folhas podem ser usadas nas saladas e nos alimentos como o hortelã ou manjericão e também as frutas, como o abacaxi e o limão, dando um sabor único e especial.

A Massagem ayurveda abhyanga é muito indicada nesta época do ano, sempre utilizando óleos vegetais puros com potencia refrescante, assim como o coco e o girassol com essência de rosas ou sândalo, ótimo para refrescar a pele. Após a massagem um banho de água de rosas ajuda muito a manter o organismo em harmonia.

Não podemos deixar de falar do Shirodhara, excelente método para harmonizar a parte mental do ser humano e um ótimo mecanismo para ser aplicado durante o verão. Utilizando leite ou buter milk, o shirodhara neste caso é denominado Takradhara, o procedimento ira trazer equilíbrio e estabilidade para mente, mantendo em estado harmônico a mente.

As cores frias, como o branco, o azul claro e o verde claro, são indicados nesta época do ano, evitando-se cores quentes como o laranja, vermelho e o preto. Através da Gemoterapia hindu, é indicado carregar consigo pedras frias como as pedras azuis, cristal de quartzo, esmeralda e ametista, pois irão ajudar na moderação e pacificação do fogo no organismo.

Uma receita de proteção para a pele neste Verão!

Para ter uma pele fresca, triture 6 ameixas fervidas e junte uma colher de chá de óleo de Amêndoa. Aplicar sobre a pele, cobrindo esta mistura com gaze de algodão. Morangos também funcionam divinamente. Deixar por 15 minutos e enxaguar com água fria.

A ingestão de água fresca durante varias vezes por dia sempre é indicado, e para as pessoas que sentem muito calor, uma boa dica é receber muito banho de Lua.

Segundo a visão dos antigos rishis que escreveram os grandes e milenares tratados do ayurveda, o ser humano deve seguir um estilo de vida saudável, coerente com as suas necessidade individuais e nunca deve deixar de ouvir os sinais internos para alcançar os seus objetivos. Nos tratados sempre é falado que o ser humano deve ter uma vida de sabedoria, equilíbrio e devoção.

Prof. Erick Schulz

Erick foi criado nos moldes tradicionais do Sanatana Dharma (sabedoria Perene). Aos 15 anos de idade por influência de sua mãe e por decorrência da fundação do Instituto Naradeva Shala em 1994, começou a se aprofundar nos estudos do ayurveda e yoga. Estudou yoga e ayurveda no Brasil, Índia e Argentina se especializando nessa milenar arte e ciência e sendo reconhecido em todo o Brasil e Exterior. Entre seus certificados de ayurveda, destaca-se para aqueles obtidos no Arya Vaidya Shala, Cochin/Índia e no Arya Vaidya Pharmacy Training Academy, Coimbatore/Índia, este com o qual mantém constante contato e treinamento. Ministra aula de ayurveda em diversos estados do Brasil, no Chile e Argentina. Fazendo parte do corpo docente do Instituto Naradeva Shala e da Escola Latino-Americana de Ayurveda. Aluno direto do Dr. Robert Svoboda, o primeiro Ocidental a se formar como Vaidya (médico ayurvédico) na Índia. É diretor do Instituto de Cultura Hindu Naradeva Shala e Diretor e Instrutor (Gnana Dhatha Acharya) do Ashram Sarva Mangalam da Suddha Dharma Mandalam na cidade de São Paulo/SP. Editor chefe da Editora Naradeva (Naradeva Prakshana).
ayurveda, tri dosha, dosha, ayurvédica, medicina indiana


Mais Artigos



Mais Colunistas

Contato

| Naradeva Shala | Instituto de Cultura Hindu

Rua Coriolano, 169/171, São Paulo (próximo ao SESC Pompéia e ao Shop. Bourbon)

Telefone: 11 3862.7321 ou WhatsApp: 11 94748.9690 Email: atendimento@naradeva.com.br